Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Portal UMinho




Portal UMinho > PT > Ensino > Oferta Educativa > Cursos Conferentes de Grau

Estudos Culturais (Programa Doutoral) 2021/2022

Voltar


Geral


Grau Académico:
  • Doutor
ECTS:
180
Duração:
6 semestres letivos
Regime:
Diurno
Local:
Campus de Gualtar, Braga (UM)
Área científica predominante:
  • Estudos Culturais

Contactos


    Instituto de Ciências Sociais
    Campus de Gualtar
    4710 - 057 Braga

    Tel: +351 253604216 / 253604280 Fax: +351 253604697
    E-Mail: pedagogico@ics.uminho.pt; sec@ics.uminho.pt
    URL: http://www.ics.uminho.pt

Descrição


O Doutoramento em Estudos Culturais é um programa de 3º ciclo coordenado pelo Instituto de Ciências Sociais (ICS), em colaboração com o Instituto de Letras e Ciências Humanas (ILCH).
Este Doutoramento é de natureza multi, inter e transdisciplinar. A componente curricular privilegia o sólido aprofundamento de conteúdos a nível teórico e metodológico, que são transversais e comuns às possíveis e diversificadas temáticas de interesse para os discentes.
O Doutoramento em Estudos Culturais (DEC) tem como objetivo fundamental a formação de quadros altamente qualificados para o exercício de funções na área da Cultura, assim como para a produção de investigação de excelência neste campo. O perfil do DEC corresponde a diversas áreas interdisciplinares no campo da Cultura. Neste sentido, os Estudos Culturais são perspetivados na interseção dos Estudos Artísticos e Literários com as Ciências da Comunicação, a Sociologia, a Psicologia, a História, a Antropologia e a Geografia.
As populações, os poderes públicos e as instâncias económicas têm vindo a ser confrontados com questões às quais uma formação em Estudos Culturais pode responder. Questões prementes como o combate às múltiplas formas de discriminação social (sexismos, racismos, etc.), a promoção de maior participação cívica, a criação e/ou dinamização de museus, festivais, eventos, roteiros turísticos e indústrias culturais e criativas em geral.
Não só a formação de investigadores nesta área é imprescindível, como também o é a preparação de estudantes para trabalhar em equipas multidisciplinares (e internacionais) na resolução de problemas que dizem respeito às relações entre cultura e desenvolvimento sustentável, às políticas públicas da cultura, à comunicação intercultural, à ética empresarial, à preservação e gestão do património, etc. Em suma, o DEC tem como fim a excelência na formação científica, no âmbito de uma afirmação não só nacional mas com uma forte componente internacional, trabalhando em articulação com uma rede de instituições culturais e artísticas, de cariz regional e nacional, com as quais já foram estabelecidos alguns protocolos de cooperação.

O primeiro semestre é composto por três unidades curriculares que visam proporcionar aos estudantes os fundamentos básicos e o contacto aprofundado com as principais correntes, teorias e metodologias dos Estudos Culturais. O 2º semestre é dedicado à elaboração e acompanhamento do projeto de investigação, que é apresentado e discutido publicamente no final do 1º ano letivo. Os 2º e 3º anos são dedicados aos trabalhos inerentes ao desenvolvimento do projeto de investigação e à redação da dissertação, com a supervisão de um investigador integrado do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS) ou do Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho (CEHUM). Caso seja considerado apropriado, poderá haver co-orientação envolvendo investigadores de outras unidades de investigação nacionais ou estrangeiras. A orientação é definida de acordo com o objeto de investigação de cada estudante (acompanhamento regular e individualizado da trajetória de investigação de cada orientando). Os estudantes poderão personalizar o seu percurso académico através da frequência de seminários, aulas abertas, etc.

Resultados de aprendizagem


1. Proporcionar uma formação polivalente e transdisciplinar que privilegie a flexibilidade e diversidade.
2. Desenvolver nos estudantes competências técnicas e cívicas necessárias a um adequado desempenho profissional e científico na área da Cultura.
3. Capacitação para a aplicação crítica de conceitos, teorias, metodologias e instrumentos dos estudos culturais.
4. Desenvolver competências transversais relevantes, entre as quais se destacam as capacidades de comunicação, essenciais para trabalhar em equipas multidisciplinares e internacionais e na resolução de problemas concretos na área da cultura.
5. Desenvolver competências específicas de investigação e de intervenção numa área dos Estudos Culturais.

Acesso a estudos superiores


Não se aplica.

 

Saídas profissionais


O Doutoramento em Estudos Culturais visa formar, com elevada qualidade, quadros para a área da Cultura e para investigação de excelência neste campo. O combate às múltiplas formas de discriminação social (sexismos, racismos, etc.), a promoção de maior participação cívica, a criação e/ou dinamização de museus, festivais, eventos, roteiros turísticos e indústrias culturais e criativas em geral, são questões da máxima importância e às quais uma formação em Estudos Culturais poderá responder. Para tal, é necessário formar investigadores e prepará-los para trabalhar em equipas multidisciplinares (e internacionais).

Acesso


20

Vagas

10

Mínimo

Formas de acesso


O acesso a este ciclo de estudos processa-se mediante apresentação de candidatura em:
https://alunos.uminho.pt/PT/candidatos/Doutoramentos/Paginas/default.aspx 

Esta informação não dispensa a consulta do Regulamento Académico da Universidade do Minho e outros documentos oficiais.

Critérios de Ingresso


Para ingressar no Programa de Doutoramento, o candidato deve satisfazer as condições estabelecidas na legislação nacional, nos normativos específicos aplicáveis e, em particular, respeitar pelo menos uma das alternativas expressas nas alíneas seguintes:
a) Possuir o grau de Mestre ou um segundo ciclo de formação superior numa qualquer área das Ciências Sociais, Humanidades ou Artes;
b) Possuir uma graduação em Ensino Superior, obtida em instituição nacional ou estrangeira, reconhecida como apropriada pelo Conselho Científico (vide no 1 do art. o 30. o do DL n. o 74/2006, 24 de Março);
c) Possuir um currículo escolar, cultural ou científico especialmente relevante.

Prazos de candidatura


Informações sobre Prazos de Candidatura podem ser consultadas em:
https://www.ics.uminho.pt/pt/Estudar/Doutoramentos/Paginas/Candidaturas.aspx

Prazos de inscrição


Informações sobre Prazos de Inscrições podem ser consultadas em:
https://www.ics.uminho.pt/pt/Estudar/Doutoramentos/Paginas/Candidaturas.aspx

Informação Adicional


Plano de Estudos


Regime Unidade Curricular Área Cient. ECTS
Ano 1 60
S1 Comunicação Intercultural EstCul 10
S1 Sociologia da Cultura EstCul 10
S1 Teorias e Conceitos Itinerantes de Cultura EstCul 10
S2 Projeto de Investigação EstCul 30
Ano 2 3 120
BA Supervisão e Elaboração da Dissertação EstCul 120

Avaliação/Acreditação


Estado de acreditação pela A3ES:
Acreditado
Data de publicação da decisão:
07-03-2017
Número de Registo:
R/A-Cr 7/2017
Data de Registo:
20-03-2017
Validade:
30-07-2023

  • Universidade do
    Minho
  • Largo do Paço
    4704-553 Braga
  • T.:253 601 100, 253 601 109
    E.: gcii@reitoria.uminho.pt
© Universidade do Minho - 2022