Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Portal UMinho

Detalhe do evento




Portal UMinho > PT > Siga a UMinho > Detalhe do evento

 Detalhe do evento

Voltar

Atletas da UMinho premiados com Bolsas de Educação

Fotos
Bárbara Miranda
Miguel Cunha
Momento da sessão
quinta-feira, 30/07/2020
Lisboa
Momento da sessão
Bárbara Falcão e Miguel Cunha com bolsa de 1000 euros pela conciliação dos bons resultados desportivos e académicos
A Federação Académica do Desporto Universitário (FADU), em parceria com os Jogos Santa Casa, atribuiu dez Bolsas de Educação aos estudantes-atletas que melhor conciliaram os resultados desportivos na Universíada de Nápoles 2019 com o desempenho académico no ano letivo 2018/19. Da UMinho foram premiados Bárbara Falcão (licenciatura em Gestão) e Miguel Cunha (mestrado em Biologia Molecular, Biotecnologia e Bioempreendedorismo em Plantas), das modalidades de basquetebol e voleibol, respetivamente. A cerimónia decorreu, de forma simbólica, na sede da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), com o provedor Edmundo Martinho e o presidente da FADU, André Reis.

As bolsas visam motivar atletas-estudantes “com particular esforço na conciliação das vertentes da competição desportiva e da formação universitária”, segundo a nota da FADU. Miguel Cunha, que obteve o 8.º lugar na Universíada, disse que a Bolsa de Educação “teve um sabor muito especial” e o valor do prémio será investido na sua formação académica. "Estas iniciativas são bastante motivadoras, reconhecerem os esforços académicos pode incentivar mais estudantes-atletas a não negligenciar os estudos por não verem o valor que a carreira académica traz quando comparam com a carreira desportiva, principalmente a curto prazo; à exceção de alguns casos, o que nos pode dar mais garantias de futuro estável é a carreira académica”.

Bárbara Miranda obteve a medalha de bronze pela seleção nacional universitária de basquetebol feminino, a única equipa europeia a subir ao pódio da competição. "A conciliação entre desporto e estudos neste nível de exigência é sempre complicada, mas possível”, referiu, apontando que a UMinho e a sorte de ter professores compreensivos “ajuda muito”. “Sabe sempre bem ter reconhecimento nestas coisas”, afirmou, salientando que a bolsa “ajuda em qualquer percalço que possa acontecer durante o ano letivo”.

O diretor do Departamento de Desporto e Cultura dos Serviços de Ação Social da UMinho, Carlos Videira, assinalou a extrema relevância da iniciativa no apoio às carreiras duais: “São atletas que competem ao mais alto nível, estiveram nas Universíadas, a maior competição multidesportiva após os Jogos Olímpicos, e todas as medidas que contribuam para facilitar a conciliação dos estudos com o desporto são muito importantes na sua motivação e desempenho”. O responsável frisou que estes dois atletas com ADN UMinho evidenciam o trabalho de promoção das carreiras duais feito nesta academia: "Estes estudantes também beneficiaram dos Prémios de Mérito Desportivo da UMinho e são um exemplo para os restantes colegas de como é possível ser duplamente bem-sucedido, no desporto e na academia. Espero que continuem a inspirar os colegas e a contribuir para a UMinho ser uma referência nesta área”, disse.

+Info: www.dicas.sas.uminho.pt