Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Portal UMinho

Detalhe do evento




Portal UMinho > PT > Comunidades e Redes > Detalhe do evento

 Detalhe do evento

Voltar

UMinho e Aeroclube do Alto Minho assinam protocolo de colaboração

Fotos
Foto: Nuno Gonçalves
Foto: Nuno Gonçalves
Foto: Nuno Gonçalves
Aeroclube do Alto Minho
Foto: AAM
quarta-feira, 25/01/2023
Largo do Paço, Braga
Foto: Nuno Gonçalves
A Universidade do Minho e o Aeroclube do Alto Minho (AAM) assinaram a 25 de janeiro um protocolo de colaboração que visa o desenvolvimento de projetos na área da aeronáutica, como programas de formação, adaptação ao meio aéreo, conferências e workshops. O acordo foi formalizado pelo reitor Rui Vieira de Castro e pelo presidente do AAM, Carlos Alberto da Silva, numa sessão no salão nobre da Reitoria da UMinho, em Braga, com algumas dezenas de participantes.
O diretor da nova licenciatura em Engenharia Aeroespacial da UMinho considerou o momento “especial” e “fundado numa visão de médio prazo”. ”Permitirá a partir de fevereiro aos alunos do curso experiências de voo em aeronaves ligeiras, além de lidarem desde cedo com questões operacionais e meteorológicas, entre outras”, disse Gustavo Dias. O professor da Escola de Engenharia da UMinho elogiou as características do aeródromo de Cerval, situado na raia entre Cerveira e Valença, e numa segunda fase pode até propiciar-se uma extensão da atividade aeroespacial da UMinho, além de outros projetos de investigação e oportunidades para ambas as partes.

Da parte do AAM, Carlos Alberto da Silva mostrou “orgulho” e “felicidade” pelo acordo. “Temos aqui alunos de Engenharia Aeroespacial e espero que aproveitem esta parceria e que descubram nas estrelas muitas oportunidades para a nossa sociedade”, referiu.

O curso de Engenharia Aeroespacial estreou-se este ano com a nota de entrada mais alta da UMinho e, também, do top 10 nacional. “Temos uma procura continuada por novas áreas de formação relevantes para a região e o país, por isso há razão para estarmos satisfeitos com esta aposta ganha, soubemo-nos antecipar e responder às necessidades”, sublinhou o reitor da UMinho. “Cada novo projeto de ensino é alicerçado em parcerias e esta com o AAM é de grande relevância”, acrescentou Rui Vieira de Castro.

A sessão contou com a presença da vice-reitora para a Educação e Mobilidade Académica, Filomena Soares, do presidente da Escola de Engenharia, Pedro Arezes, do representante da Ordem dos Engenheiros, Hugo da Cal Barbosa, e de representantes dos municípios de Cerveira e Valença, entre outros.

O aeródromo de Cerval é considerado um dos mais importantes da Península Ibérica, com cerca de sessenta aeronaves inscritas. Está fora dos corredores principais de operação aeroportuária comercial, tem gestão operacional em contínuo e a possibilidade de reserva de espaço aéreo. Possui também interesse histórico, pois o pioneiro da aviação estado-unidense Charles Lindbergh reabasteceu ali perto em 1933, aquando da sua ligação Grenoble-Lisboa. Devido ao tempo adverso na passagem sobre os Pirenéus, que ditou um maior consumo de combustível, Lindbergh amarou então o seu hidroavião no rio Minho, junto à Ínsua de Castro, em Friestas, Valença. Em 1995, foi erigido um monumento alusivo no local.

+Info: www.engium.uminho.pt/aero, facebook.com/profile.php?id=100085398253374
  • Universidade do
    Minho
  • Largo do Paço
    4704-553 Braga
  • T.:253 601 100, 253 601 109
    E.: gcii@reitoria.uminho.pt
© Universidade do Minho - 2023