Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Portal UMinho

Agenda




Portal UMinho > PT > Cultura > Agenda

 Agenda

"Laboratório das Artes e da Imaginação" no Museu Nogueira da Silva

De sábado, 11.02.2017 até sábado, 28.10.2017
Museu Nogueira da Silva, Av. Central, nº 61, Braga
"LAI - Laboratório das Artes e da Imaginação", por Rosário Forjaz, com oito oficinas entre fevereiro e outubro de 2017. ao sábado, das 10h30 às 12h30, no Museu Nogueira da Silva, unidade cultural da UMinho no centro de Braga. Iniciativa dedicada a crianças dos 6 aos 12 anos e com ingresso pago.

PROGRAMA

* 1ª e 2ª oficina | inverno | 11 e 18 de fevereiro
* 3ª e 4ª oficina | primavera | 20 e 27 de maio
* 5ª e 6ª oficina | verão | 01 e 08 de julho
* 7ª e 8ª oficina | outono | 21 e 28 de outubro

+Info: www.mns.uminho.pt

Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva | programa de fevereiro'17

De segunda-feira, 13.02.2017 até terça-feira, 28.02.2017
Programa de atividades de fevereiro de 2017 na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva (BLCS), uma unidade detida pela Universidade do Minho e pelo Município de Braga.


PROGRAMA


EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS
(entrada livre)

Até 04 de fevereiro
| Sala de exposições
Foto Natura 3. Exposição de fotografia de Eduardo Castro (médico cirurgião). Curadoria de Adriana Henriques.

07 a 28 de fevereiro
| Sala de exposições
Instalação "A Dança das Bruxas", de Adriana Henriques. Desde 2003 procura registar no seu museu imaginário interiores/exteriores públicos e semipúblicos: museus, arquivos, bibliotecas, auditórios de universidades, teatros, igrejas, bancos, salas de espera de hotéis, salas de estar, salas de comando de centrais hídricas. Com um sentido seguro da coexistência do anacrónico, as imagens captam coisas bizarras e, por vezes, paradoxais, quando a história de um lugar e as suas funções e utilização atuais colidem.


APRESENTAÇÃO DE LIVROS E AUTORES (entrada livre)

04 de fevereiro | 15h00
Apresentação do livro solidário de poesia "Cinco lágrimas por Alepo. Por uma causa solidária, cinco lágrimas de poesia, podem criar um dilúvio de esperança. Apresentação a cargo de Conceição Lima e António Gaspar Cunha. Momentos musicais e leitura de poemas. Entrada livre.

11 de fevereiro | 15h30
Apresentação do livro "Histórias da Ajudaris 2016", com histórias de encantar de jovens autores. O projeto solidário, recreativo e repleto de afetos nasceu em 2009 e visa fomentar o gosto pela escrita, leitura, arte e solidariedade. Crianças de vários pontos do país escreveram histórias e ilustradores de vários pontos do mundo ilustraram. O resultado é uma obra coletiva imperdível e mágica. A venda solidária dos livros permite auxiliar crianças e famílias carenciadas. Todo este ciclo culmina com a construção de uma sociedade mais justa, inclusiva e solidária. Público-alvo: crianças e famílias. Duração: 2 horas. Organização: Associação Ajudaris, IPSS. Apoio: BLCS.

25 de fevereiro | 15h00
Palestra e apresentação do livro "Segue-te, Desperta para tudo o que és!". Objetivo: partilha de premissas orientadoras que facilitam a jornada que todos necessitamos de empreender para nos sentirmos conetados a quem verdadeiramente somos, para criarmos uma comunicação autêntica, gratificante, aprendermos a fluir com a vida como criadores da nossa realidade. Duração: 1h30. Público-alvo: quem sente necessidade de operar a mudança nas suas vidas e necessita de coragem para descobrir e viver o que os move. Organização e apresentação: Alda Azevedo. Entrada livre.


PALESTRAS, CONFERÊNCIAS E OUTRAS AÇÕES

fevereiro
Passatempo "Desafios radicais – exercite o seu raciocínio", pondo à prova todos os interessados. Organização: BLCS e Departamento de Matemática e Aplicações da UMinho (DMA).

01 de fevereiro a 03 de março
8ª edição do Concurso de poesia/Encontro de Poesia. Principais objetivos: fomentar e consolidar hábitos de leitura e de escrita na comunidade, valorizando como forma de expressão literária a poesia; premiar e divulgar trabalhos de poesia inéditos da comunidade em geral. Tema da edição: “Entender, mais pelo Sentir do que pela Razão” (Vergílio Ferreira, in 'Invocação ao Meu Corpo‘).

06, 10, 13 e 17 de fevereiro | 10h00-12h00
Curso breve de introdução ao Braille. Objetivo: conhecer os princípios básicos da escrita e da leitura tátil utilizada por pessoas cegas e inventado por Louis Braille. Público-alvo: todos os interessados. Duração: quatro sessões de 2h00 cada. Para dois/três participantes (não há acesso a mais máquinas). Dinamização a cargo de Sandra Estêvão Rodrigues, do serviço Biblioteca no Apoio à Inclusão (BAI) da BLCS.

07 de fevereiro | 18h30
No âmbito do Dia Internacional da Internet Segura, com o lema "Seja a mudança: una-se para uma internet melhor", sessão de sensibilização "Internet: que segurança para os nossos filhos?". Oradores: Carlos Amaral e Jorge Barreiro. Público-alvo: pais, educadores e adultos em geral. Organização: Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas de Real. Apoio: BLCS.

18 de fevereiro | 14h00-18h00
Oficina de Arte Escrita com Ana Homem de Albergaria. Módulo I: Técnicas para aumentar o potencial criativo na expressão escrita. Para 12 a 20 participantes. Inscrição (10 euros) e pagamento no balcão da Sala Infanto-juvenil.

18 de fevereiro | 15h00
Tardes da Matemática, com o título "Trocas altruístas num mundo competitivo", por Adérito Araújo, da Universidade de Coimbra. A teoria dos jogos tem por objeto o estudo da decisão social. Alicerçada em sólidas bases matemáticas, a disciplina tem sido utilizada em economia e outras ciências sociais para estudar, entre outros, o binómio cooperação-competição. Por que valorizamos justiça e a cooperação em detrimento do (aparentemente mais racional) egoísmo? O comportamento dos seres humanos revela que, em muitas situações, tendemos a ser mais generosos do que seria previsto pelos modelos económicos tradicionais baseados no pressuposto que as pessoas procuram, egoisticamente, maximizar os seus lucros. Será que as ideias de evolução do comportamento ético tem alguma relevância na compreensão do comportamento humano? Mais do que respostas definitivas, procur-se pistas e caminhos por campos tão diversos como a matemática, a biologia ou a etnografia. Organização: Sociedade Portuguesa de Matemática e Departamento de Matemática e Aplicações da UMinho. Entrada livre.

16 de fevereiro | 9h30-12h30 e 14h30-17h30
Comunicar e auxiliar uma pessoa com deficiência em diferentes contextos. 1ª sessão para esclarecer formas facilitadoras de comunicação, mobilidade ou outra ajuda a pessoas com diferentes tipos de deficiência em diversas situações (de convívio, de trabalho, na rua...), tendo como público-alvo profissionais de saúde e de atendimento ao público, professores, empregadores e outros interessados. Dinamização a cargo de Sandra Estêvão Rodrigues, do serviço Biblioteca no Apoio à Inclusão (BAI) da BLCS. Emissão de certificado de participação.

22 de fevereiro | 14h30
Comunidade de Leitores "Laços de leitura – os livros que nos unem". Livro do mês: "Saudade", de Linda Holeman, romance no Portugal do século XVIII. Clube de leitura de entrada livre , tendo uma sugestão de leitura na quarta quinta-feira de cada mês, pelas 14h30, na sala de expressão plástica: "Traga as emoções, os comentários, as sugestões de diferentes olhares sobre a mesma leitura e de novas leituras para outros olhares. Aguardamos por si!".

23 de fevereiro
I 21h30
Conversas do Psi para Si "Como enfrentar as dores das perdas e o luto psicológico", com José Luís Gomes, psicólogo e psicoterapeuta, Conceição Pires, médica de cuidados paliativos do Hospital de S. João no Porto, e Ana Caridade, pedagoga e criativa, testemunho da autora do livro "A Melodia de Mara". Apoio: Conselho Distrital de Braga da Ordem dos Médicos.


ATIVIDADES INFANTO-JUVENIS

Todas as atividades infantis e juvenis sujeitas a marcação prévia, até 2 dias úteis de antecedência, pelo telefone 253205977 ou email marcacoes@blcs.pt. Nº mínimo para realização das atividades: 5 crianças.

04 de fevereiro
| 15h30
Brincar na filosofia. Histórias, perguntas, jogos e música, dinamizadas por Sónia Peixoto, licenciada em Filosofia.

10 de fevereiro I 10h00
Oficina de escrita "Pescadores de palavras". Basta imaginar um peixe para o ver saltar na água. Duração: 60min. Público-alvo: crianças dos 8 aos 12 anos. Responsável pela atividade: Lídia Borges (escritora).

11 de fevereiro
| 10h30
Yoga com história: "O Leão que perdeu a Juba...". Vem ouvir as aventuras da lagartinha que tinha um sonho e experimentar todas as posturas de yoga associadas aos animais das histórias, numa sessão de leitura muito original! Publico-alvo: crianças dos 4 aos 8 anos. Duração: 50 minutos. Para 5 a 15 crianças. Orientação de Márcia Sobral (Estúdio Criativo - Criactiv).

11 de fevereiro
| 15h30
Olá… uma viagem pelas histórias da música: Tchaikovsky. Para crianças dos 6 aos 10 anos Duração: 40 minutos. Dinamização: Joana Teixeira (Música100idade).

14 de fevereiro | 10h30
O Monstro das Cores - um monstro muito baralhado descobre o que é a amizade e o amor. História contada com objetos e personagens coloridas, surgidas de um baú mágico. Reflexão em equipas sobre as diversas emoções. Decoração de um monstro da amizade/amor. Publico-alvo: 4 a 8 anos. Duração: 60 minutos. Dinamização: Conversas entre Famílias (Ana Sofia Maia e Susana Pires).

14 de fevereiro | 14h30
Não há amor sem senão…o postal é de cartão! Oficina de poesia. Objetivos: comemorar o Dia de S. Valentim e estimular nas crianças o gosto pela poesia e escrita. Dinamização: Ermelinda Jesus, BLCS. Público-alvo: crianças dos 8 aos 12 anos. De 10 a 20 participantes. Duração: 60 minutos.

15 de fevereiro | 14h30
Histórias com boas maneiras. Hora do conto + oficina plástica. Narração de uma história sobre etiqueta e boas maneiras para crianças, seguida da construção de um fantoche, com materiais reutilizados. Dinamização: Cândida Pedras, BLCS. Público-alvo: 5 aos 12 anos. Para 5 a 20 crianças. Duração: 1h30.

17 de fevereiro | 10h00
Sonhar com letras e sons. Objetivo: cantar, aprender e criar; inventar histórias, trabalhar o vocabulário e a dicção. Público-alvo: 3 aos 5 anos. N° mínimo de 10 crianças. Dinamizada pelo maestro Félix Alonso e por Ricardo Fernandes. Duração: 60 minutos.

18 de fevereiro | 10h00
Ciência p'ra que te quero, sob o tema SCIENTIA@SUSTENTABILIDADE. Público-alvo: crianças dos 6 aos 10 anos. Atividades hands-on. Ultimamente fala-se muito em sustentabilidade. Sabes o que é?

18 de fevereiro | 16h00
Leituras em família – Com vida livros, com o Grupo de Teatro Infantil TIN.Bra, convidando os pequenos leitores e pais para juntos saborearem um delicioso momento com os livros. Um espaço onde as histórias saem do papel e ganham vida pelos contadores de histórias do Tin.Bra. Um momento para a família. Um convite para todos! Destinatários: crianças (3 aos 10 anos) e pais/família. Duração: 30/45 minutos (história do mês).

21 de fevereiro | 10h00 (sala hora do conto)
Atividade "Como nasceu Portugal?". Fantoches darão vida a três importantes personalidades da História de Portugal: D. Henrique, D. Teresa e D. Afonso Henriques. Organização de Bruna Cunha, voluntária BLCS. Para crianças dos 6 aos 10 anos. Duração: 40 minutos.

21 de fevereiro | 14h30
Dia Internacional da Língua Materna. Oficina de escrita + hora do conto "Com a língua portuguesa brincar, o português a rimar". Dinamização: Ermelinda de Jesus, BLCS. Para crianças dos 8 aos 12 anos, Duração: 90 minutos.

23 de fevereiro | 14h30
Histórias recicladas. Apoiados na reciclagem de materiais de desperdício, os participantes são estimulados para a criação artística e a descobrir as histórias que se podem criar ou encontrar por detrás desses materiais. Dinamização Cândida Pedras, BLCS. Público-alvo: 6 aos 12 anos. Para 5 a 20 inscritos. Duração: 1h30.

24 de fevereiro | 10h30
Fantochar: Enigma do 7? A semana, o arco-íris, a música. Era uma vez… Vida, Natureza, Homem, Saúde… são os valores essenciais deste espaço educativo, formativo e animado. Espaço, onde as histórias se constroem, muito numa interação do animador com as crianças e seus acompanhantes. Para crianças dos 6 aos 12 anos. Nº mínimo de 10 crianças. Duração: 60 minutos.

24 de fevereiro | 14h30
Oficina de escrita criativa – Na caixa de papelão há segredos à mão! A partir de jogos com objetos variados tirados à sorte de dentro de uma caixa (misteriosa…), é possível construir uma história espontânea para partilhar. Objetivos: estimular nas crianças a criatividade e o gosto pela escrita. Dinamização: Ermelinda Jesus, BLCS. Público-alvo: dos 8 aos 12 anos. Entre 5 e 15 participantes. Duração: 80 minutos.

25 de fevereiro | 16h00
Atividades para pais & bebés (1 aos 3 anos) - O Circo vem à Biblioteca. Canções exploradas com instrumentos musicais, objetos simbólicos e mímica; exploração de objetos sensoriais; jogos de movimento. Desenvolvimento da socialização, linguagem, motricidade, concentração e interação pais/bebés. Público-alvo: pais e crianças de 1 a 3 anos. Duração: 45 minutos. Dinamização: Conversas entre Famílias (Ana Sofia Maia e Susana Pires).

27 de fevereiro | 10h00
Hora do conto "Histórias sem eira nem beira", com Paula Oliveira, autora da obra e voluntária da leitura da BLCS.

27 de fevereiro | 15h30
Comemoração do Carnaval, com leitura encenada pelo grupo Maladarte. Público-alvo: crianças de 1º ciclo Duração: 45 minutos.


HORAS DO CONTO PERMANENTES

Terças-feiras | 10h00
Abre a janela. Vê e ouve. Eu conto... Atividade de animação do livro e da leitura dinamizada por Maria do Céu Nogueira, para crianças dos 3 aos 13 anos.

Terças-feiras | 14h30
Contar, recontar e inventar… Histórias da tradição - Atividade de animação do livro e da leitura dinamizada por José Machado, para crianças dos 7 aos 13 anos; Ou Ler, reler e tresler... Miguel Torga. Atividade de animação do livro e da leitura dinamizada por José Machado, para jovens a partir dos 13 anos e adultos.

Quarta–feira | 10h00
Cantar histórias - Atividade de animação do livro e da leitura com acompanhamento de viola, dinamizada por António Castanheira para crianças dos 3 aos 13 anos e adultos.

Quintas-feiras | 10h00
A magia do "Era uma vez…" - Atividade de animação do livro e da leitura dinamizada por Ivone da Paz Soares, para crianças dos 3 aos 13 anos.


PÚBLICO SÉNIOR

Mensalmente
Projeto Leituras com vida dão alma às freguesias de Braga: biblioterapia para idosos. Uma vez por mês, animação lúdica nas juntas de freguesia aderentes a este projeto. Parceiros: BLCS, Município de Braga e Juntas aderentes.

1ª terça-feira do mês | 14h30
Histórias da tradição, com o contador José Machado. Hora do conto e partilha de memórias e experiências de vida. Duração: 1h00. Para crianças e jovens de 65 anos em diante.

Quartas-feiras | 14h30
Histórias contadas pela tradição, com o contador Emílio Gomes, voluntário da leitura BLCS. Duração: 1h00. Para pessoas de 65 anos em diante.


BLCS FORA DE PORTAS (atividades permanentes)

Mensalmente (a definir)
Hora do conto infantil e juvenil nas escolas. Preparem-se, meninos e meninas, que as histórias vão aí! Realização de horas de conto em escolas de zonas geográficas mais periféricas. Organização: BLCS e Voluntários da Leitura.

Quinzenalmente | Hospital de Braga
1 conto e 2 Marias com histórias abensonhadas. A BLCS leva à ala de internamento da Pediatria do Hospital de Braga (crianças, jovens e pais) histórias de ler, de ouvir, de contar e recontar, reforçadas pelo jogo lúdico das rimas, do ritmo e das imagens. São histórias onde o sonho e a fantasia dão que pensar e ajudam a curar.

Quartas-feira | 14h30
Ler+ dá Vida, com Emílio Gomes, voluntário da leitura. Hora do conto e partilha de memórias e experiências de vida. Duração: 1h00.

Última quinta-feira do mês | Estabelecimento Prisional Regional de Braga
Uma vez por mês, José Machado, voluntário da leitura da BLCS, leva ao estabelecimento prisional Histórias da tradição.


PROGRAMA DE LITERACIA DIGITAL [público adulto]

Quintas-feiras | 14h00 às 15h00
Consultório Digital do Cidadão. Apoio e orientação na pesquisa e consulta de sites da Administração Pública, com vista à autonomia do cidadão em vários serviços (exemplos: Ministério da Saúde, Finanças, Segurança Social, entre outros). Com Carlos Cordeiro, da BLCS.

15, 22 e 28 de fevereiro I 14h00-16h00 | Sala de Expressões
Curso breve de ferramentas informáticas "Touchscreen". Meio facilitador na formação e inclusão digital de idosos. Sessão 1 – dia 15/2: acesso à internet, pesquisa de informação e conta de correio eletrónico. Sessão 2 - 22/2: abordagem e interação com as redes sociais (Facebook, Youtube, Instagram); ferramentas de comunicação (Skype, Viber, Facetime, Messenger, Hangout). Sessão 3 - 28/2: Homebanking, Segurança Social Direta, Site das Finanças e e-fatura, Saúde24 online; Serviços Públicos e Compras Online. Exercícios práticos e dúvidas dos formandos. Formador: Thiago Cunha, BLCS, com apoio da Fundação PT.

Exposição e lançamento do livro "A Cidade da Participação"

De terça-feira, 14.02.2017 até terça-feira, 14.03.2017
Évora
Exposição e lançamento do livro "A Cidade da Participação. Projecto de Arquitectura Básica Participada na Ilha da Bela Vista (Porto)", por Fernando Matos Rodrigues, André C. Fontes e Manuel Carlos Silva (CICS.Nova_UMinho), de 14 de fevereiro a 14 de março, na galeria da Casa de Burgos, em Évora. Iniciativa de entrada livre coorganizada pela Universidade de Évora.

Mostra centrada na reabilitação do bairro social da Bela Vista, no Porto, dando a conhecer o processo ligado à implementação do Programa da Habitação Básica Participada pelo Laboratório de Habitação Básica/Imago/CICS.Nova_UMinho, numa parceria com a Associação de Moradores da Ilha da Bela Vista e Câmara Municipal do Porto, proprietária da ilha.

A implementação deste programa visou potenciar as vantagens da complexidade da ilha da Bela Vista inscritas na sua morfologia, na sua escala, na sua tipologia e na sua integração no lote de rua. A partir daqui, foi possível envolver e organizar a comunidade na procura de uma solução participada e interativa com a equipa do Laboratório e poderes políticos.

Foi instalado o Laboratório numa das casas da Ilha que servia de sede da Associação de Moradores, que durante dois anos consecutivos trabalhou em sintonia plena com a Associação e com os moradores da Bela Vista. Desde cedo o espaço foi ganhando a sua centralidade, como lugar de trabalho e de convívio entre a equipa técnico-científica (arquitectos, antropólogos, sociólogos e assistentes sociais) e a comunidade que participava nas discussões e nos trabalhos que se foram desenvolvendo de acordo com as fases do projecto.

Exposição de fotografia "Braga de André Soares", de Libório Manuel Silva

De segunda-feira, 20.02.2017 até quarta-feira, 15.03.2017
Até 15 de março. Galeria do salão medieval da Reitoria, Largo do Paço Braga
Exposição de fotografia "Braga de André Soares", de Libório Manuel Silva, de 20 de fevereiro a 15 de março, na galeria do salão medieval da Reitoria da UMinho, em Braga. Entrada livre todos os dias úteis, das 9h00-12h30 e 14h00-18h00.

Iniciativa do Conselho Cultural da UMinho e da editora Centro Atlântico, com 25 fotos do trabalho de arquitetura, talha e desenho legado pelo maior vulto do rococó luso, baseadas no livro "Braga de/by André Soares", de Eduardo Pires de Oliveira e Libório Manuel Silva, e tendo ainda como mote o livro “Viver com André Soares, criador de arte, desenhador de poemas”, de Francisco Vieira da Silva, com lançamento a 5 de março, às 15h30, na Igreja dos Congregados, na Avenida Central, em Braga.


Sobre André Soares

Autodidacta, desenvolveu a sua arte a partir de gravuras de Augsburgo. A sua obra é profundamente emotiva. Desenvolve-se, sobretudo, no domínio da arquitetura e da talha e está espalhada pelo Norte de Portugal, de Viana do Castelo a Guimarães, Lamego, entre outros locais, com epicentro na cidade de Braga.

A exposição revela o seu singular percurso artístico, entre o tardobarroco e o rococó. Dá a conhecer as suas obras, com especial relevância para as localizadas na área de Braga. Obras como a capela dos Monges, no convento dos Congregados, estão entre as mais impressionantes do tardobarroco na Europa. Já o Palácio do Raio, a fachada da capela de Santa Maria Madalena da Falperra e a insólita casa de Fresco na mata do Bom Jesus do Monte são obras-primas do rococó europeu, bem como o conjunto da talha do mosteiro de Tibães, nomeadamente da capela-mor.


Sobre Libório Manuel Silva

Editor dos livros de fotografia mais vendidos em Portugal, autor de três dezenas de livros e fotógrafo de cultura e património. Fruto de um longo trabalho de investigação, prepara o segundo volume de "Bibliotecas - Maravilhas de Portugal / Libraries - Wonders of Portugal", a sua obra seminal, a par do mais representativo livro sobre azulejaria nacional, "Azulejos - Maravilhas de Portugal / Wonders of Portugal". Nas suas sete obras já publicadas sobre Braga apresenta o conjunto mais representativo de fotografias a cores sobre o património bracarense editado em livro, com 750 imagens exclusivas.

+Info: www.conselhocultural.uminho.pt, www.andresoares.pt

Concerto do Dia Mundial da Mulher

quarta-feira, 8.03.2017
Reitoria, Largo do Paço, Braga
Concerto alusivo ao Dia Mundial da Mulher a 8 de março, na Reitoria da UMinho, em Braga. Organização do Conselho Cultural da UMinho.

+Info: www.conselhocultural.uminho.pt