Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Portal UMinho

Agenda




Portal UMinho > PT > Cultura > Agenda

 Agenda

Exposição “Que sais-je?” no Museu Nogueira da Silva

De sexta-feira, 7.07.2017 até domingo, 27.08.2017
Museu Nogueira da Silva, Braga
Inauguração a 7 de julho, pelas 16h00, da exposição “Que sais-je?”, com livros e edições de artista da coleção da Fundação de Serralves – Museu de Arte Contemporânea, na galeria da universidade do Museu Nogueira da Silva, até 27 de agosto.

Exposição organizada pelo Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves e comissariada por Ricardo Nicolau, coordenador do Museu, com o apoio da Câmara Municipal de Braga e do Museu Nogueira da Silva, unidade cultural da Universidade do Minho.

Horário:
terça a sexta-feira | 10h00-12h00 e 14h00-18h00
sábado | 14h00-18h00

Ingresso livre

+Info: www.mns.uminho.pt

Exposição da obra “Ho Preste Joam das Índias” na Reitoria

De quinta-feira, 13.07.2017 até sexta-feira, 29.09.2017
Reitoria, Largo do Paço, Braga
Exposição da obra “Ho Preste Joam das índias: Verdadera informaçam das terras do Preste Joam […] do Padre Francisco Alvares” (1540), entre 13 de julho e 29 de setembro de 2017 no átrio da Reitoria da UMinho, no Largo do Paço, em Braga. Entrada livre de segunda a sexta-feira, das 9h00-12h30 e 14h00-17h30. Iniciativa da Biblioteca Pública de Braga (BPB), unidade cultural da UMinho, no contexto do seu 175º aniversário e do ciclo “Obras Intemporais”, apresentando uma das obras mais raras do espólio, pertencente à sua coleção de reservados.

O relato do padre Francisco Álvares, capelão da primeira embaixada portuguesa na Etiópia, descreve a experiência dos seis anos de duração desta missão, entre 1520 e 1526, e é responsável pela produção de um longo texto, onde se articula a narrativa de viagens com as memórias do capelão. São reproduzidas as cartas trocadas entre o Preste João e o rei português, bem como um diálogo entre o autor e o arcebispo de Braga D. Diogo de Sousa, incluído no final da obra. Neste último capítulo, Francisco Álvares sistematiza as observações sobre os usos e costumes dos Abexins. Este texto, de cuja importância o autor tinha plena consciência, revelada pelo próprio título “Verdadeira Informação”, trouxe um contributo fulcral para o conhecimento geográfico europeu daquela região, tornando-se numa das obras fundamentais da produção literária associada à demanda do Preste João pelos portugueses.


+Info:
www.bpb.uminho.pt

Biblioteca Pública de Braga com exposição sobre o padre António Vieira

De quinta-feira, 13.07.2017 até sexta-feira, 8.09.2017
Biblioteca Pública de Braga
Exposição bibliográfica sobre o padre António Vieira de 13 de julho a 8 de setembro de 2017 no átrio da Biblioteca Pública de Braga (BPB), uma unidade cultural da UMinho no centro da cidade. Entrada livre de segunda a sexta-feira, das 9h00-12h30 e 14h00-17h30. Iniciativa da BPB, no contexto do seu 175º aniversário e do ciclo expositivo “Efemérides”, assinalando os 320 anos da morte da excelsa figura chamada “Padre Grande” entre os índios do Maranhão.

António Vieira nasceu em 1608, em Lisboa, e morreu no Colégio da Bahia, no Brasil, em 1697. Oriundo de família modesta, ingressou na Companhia de Jesus em 1632 e, após dois anos, fez votos de pobreza e propôs-se missionar entre os ameríndios e escravos negros. Pouco depois da sua ordenação como padre começou a espalhar-se a sua grande fama de pregador, perpetuando-se o seu prestígio por mais de três séculos e até hoje.


O “Dicionário Cronológico de Autores Portugueses” (vol. VI, 1989) apresenta-o como “o maior orador sacro português, homem de ação, missionário e visionário, conjugando enigmaticamente os seus anelos utópicos com um forte sentido de realismo politico”. No duro período da Restauração procurou consolidar a independência nacional e garantir continuidade do império português, empenhando-se igualmente na defesa dos índios do Brasil e dos direitos humanos.


+Info:
www.bpb.uminho.pt

Exposição de pintura "Espaço residual" na Casa Museu de Monção

De sexta-feira, 21.07.2017 até sexta-feira, 15.09.2017
Casa Museu de Monção
Exposição de pintura "Espaço residual", inserida na 2ª Bienal Internacional de Gaia, de 21 de julho a 15 de setembro, na sala de exposições temporárias da Casa Museu de Monção, uma unidade cultural da Universidade do Minho.

Organização a cargo da Cooperativa Artistas de Gaia, com participação de artistas oriundos de vários pontos de Espanha, EUA e Portugal, na sua maioria a frequentarem o mestrado em Arte Contemporânea, criação e investigação, da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Vigo em Pontevedra. No ano da Bienal de Gaia a afirmar-se num contexto de internacionalização, impunha-se que o polo de Monção, pela sua localização transfronteiriça, fosse já um elo de integração de artistas provenientes de outros países.

Para esta mostra os artistas partiram de um exercício de deposição objetual, no qual não havia tema ou fio condutor a relacionar os trabalhos entre si. São objetos que num determinado momento e contexto significaram algo para cada um dos autores. Trata-se de uma acumulação de "coisas" que agora repousam em jeito de resíduo na Casa Museu de Monção/UMinho e no Arquivo Municipal de Monção.

Artistas participantes:
Ana Pérez Valdés, Macarena Montesinos, Marta Quinteiro Vilar, Alejandra Lago, Blanca Nieves, María Xosé Domingues, Irene Romero, Gabrielle Mendieta, Patrícia Coucheiro, Olivia Oltmanns, Vanesa Soares Loureiro, Aitana Tubío, Yatir Fernández, Ivan Lucas, Dimitri Pino Viktorov, Montse Martinez, Patrícia Oliveira e Ricardo de Campos.

Entrada livre

Horário:
Terça a sexta-feira | 09h30 às 12h00 e 14h00 às 17h00
Sábado | 14h00 às 18h00
Domingo e segunda-feira | encerrada

+info: www.casamuseumoncao.uminho.pt, www.facebook.com/pages/Casa-Museu-de-MonçãoUniversidade-do-Minho/809321412454696

Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva | programa de agosto'17

De terça-feira, 1.08.2017 até quinta-feira, 31.08.2017
Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, Braga
Programa de atividades de agosto de 2017 na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva (BLCS), uma unidade detida pela Universidade do Minho e pelo Município de Braga.


PROGRAMA

EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS (Entrada livre)

Até 8 de setembro

"Art-Map - Mostra de arte contemporânea - Pensar Barroco”. Organização: Município de Braga. Entrada livre.

01 de agosto a 03 de setembro
| corredor central r/c
Exposição “Tocar imagens de Portugal”, de Andreia Gyorfi. Objetivo geral: proporcionar uma experiência tátil para o reconhecimento de alguns dos símbolos imagéticos que caraterizam a cultura de Portugal. Público-alvo: todos os interessados, em especial as pessoas cegas. Entrada livre.


INICIATIVA SOLIDÁRIA


Até 30 de setembro
Bolsa Solidária de Manuais Escolares Usados (BSMEU) – 6ª edição. A BLCS, o Município de Braga, a Associação de Funcionários da UMinho, algumas juntas de freguesia, a Casa do Professor, o Hospital de Braga e estabelecimentos de ensino do concelho de Braga constituem-se numa rede concelhia para apoiar às famílias no fornecimento gratuito de manuais escolares usados, em regime de empréstimo anual. Manuais disponíveis em bsmeu.blcs.pt. Para maximizar a recuperação de manuais escolares usados, disponibilizando-os gratuitamente a quem deles necessite, a rede BSMEU continua a apostar nesta iniciativa, inserida no cumprimento dos seus objetivos sociais, ambientais e económicos.


ATIVIDADES PARA FAMÍLIAS


Todas as atividades infantis e juvenis sujeitas a marcação prévia, até dois dias úteis de antecedência, pelo telefone 253205977 ou email marcacoes@blcs.pt. Número mínimo para realização das atividades: 5 crianças.


02 de agosto
| 10h00
Workshop “Como aprender magia – novos truques”, com Karter Mendes. Conteúdos: técnicas de ilusão; técnicas de execução; exercícios. Público-alvo: 8 aos 14 anos. De 10 a 20 participantes. Requisitos: trazer um baralho de cartas. Custo de participação: 3 euros por pessoa. Duração: duas horas.

03 de agosto
| 15h00
Yoga com histórias e dança. Com yoga e entre histórias, podemos experimentar algumas posturas de yoga especialmente adaptadas às crianças, vivendo momentos mágicos e ao mesmo tempo ouvindo uma história. Público alvo: 6 aos 14 anos. Duração: 50 minutos. Para 5 a 15 crianças. Orientação de Márcia Sobral (Es­túdio Criativo – Criactiv). Inscrição gratuita.

04 de agosto
| 10h30
Um por todos e todos por um: “Os meninos especiais”. Objetivos: contar/dinamizar histórias da coleção meninos especiais, permitindo conversar e tirar dúvidas e curiosidades sobre cada tema. Público-alvo: crianças dos 6 aos 10 anos. Duração: 60 minutos. Dinamizadoras: Joana Carneiro e Sandra Rodrigues (BLCS)

08 de agosto
| 10h30
Brincar na filosofia. Histórias, perguntas, jogos e música. Dinamizado por Sónia Peixoto (licenciada em Filosofia). Inscrição gratuita.

09 de agosto
| 10h00-12h00
Workshop "Dá vida à tua Biblioteca!". Visita guiada às instalações da BLCS, com o intuito de dar a conhecer todas as áreas destinadas ao público e as áreas reservadas aos serviços técnicos que, habitualmente, estão como entrada proibida. Oficina de formação sobre as diferentes tarefas que compõem o circuito do livro, desde a receção na biblioteca, passando pela carimbagem, catalogação, indexação e classificação, impressão de etiquetas, colagem e plastificação das mesmas na lombada dos documentos, permitindo que estes possam ser arrumados nas prateleiras das salas de leitura, estando à disposição para consulta ou empréstimo. Público-alvo: jovens dos 13 aos 15 anos. Duração: 90 minutos. Responsável: Cláudia Lopes (BLCS – responsável pelo setor Organização e Representação da Informação). Inscrição gratuita.

10 de agosto
| 10h00
Sonhar com letras e sons – oficina de música e histórias. Objetivo: cantar, aprender e criar; inventar histórias, trabalhar o vocabulário e a dicção. Público-alvo: 3 aos 5 anos. Número mínimo de 10 crianças. Dinamização pelo maestro Félix Alonso e por Ricardo Fernandes. Duração: 50 a 60 minutos. Inscrição gratuita.

11 de agosto
| 14h30
Sophia de Mello Breyner: A fada Oriana, A menina do mar, O cavaleiro da Dinamarca, O Rapaz de Bronze e A árvore. Exposição de telas e leitura de um conto. Ilustração do conto pelos participantes. Dinamização a cargo de Elisabete Mendes. Público-alvo: crianças dos 8 aos 12 anos. Inscrição gratuita.

14 de agosto
| 15h00
Leituras em família – Com vida livros, pelo Grupo de Teatro Infantil TIN.Bra. Convite aos pequenos leitores e pais para juntos saborearem um delicioso momento com os livros. Um espaço onde as histórias saem do papel e ganham vida pelos contadores de histórias do Tin.Bra. Destinatários: crianças dos 3 aos 10 anos e pais/família. Duração: 30 a 45 minutos. Inscrição gratuita.

16 de agosto | 15h00
Workshop de Fotografia. Objetivo da oficina: abrir o mundo mágico da imagem e seu poder nas nossas vidas. abordando a fotografia como forma de expressão criativa e pessoal. Duração: 1h30. Público-alvo: crianças e jovens dos 12 aos 16 anos. Para 8 a 12 participantes. Dinamização: Animantes.

16 de agosto
| 16h00
Conversas entre familias: "Os corações...lá de casa". Conto + jogos + atelier com avós. Um conto dedicado a todos os corações de casa (pai, mãe, avô, avó, irmãos) e com uma animada descrição de cada um. Abordagem deste dia tão especial e que tem de ser tão valorizado: o dia dos Avós, sendo um momento para rir, brincar, descrever e conviver alegremente com os avós. Nº máximo de 15 crianças inscriras (e avós). Duração: 45 minutos. Dinamização: Conversas entre Famílias (Ana Sofia Maia). Inscrição gratuita prévia obrigatória.

17 de agosto
| 14h30
Oficina de escrita poética "Os escrevinhadores: Histórias de verão que sabem a melão - quadras com fruta dentro!". Público-alvo: crianças dos 8 aos 12 anos. Duração: 90 minutos. Dinamização: Ermelinda de Jesus (BLCS). Inscrição gratuita.

20 de agosto
| 11h00
Espetáculo "Papim papa palavras" - Fértil Cultura, no âmbito do "Era uma vez no mês… Festival de Teatro Infantil". Público-alvo: 0 aos 5 anos. Duração: 40 minutos. Entrada livre, condicionada à lotação do auditório. Sinopse: Papim, monstro papão fora do vulgar, em vez de assustar meninos vem para lhes mostrar a magia das palavras das histórias e da poesia, muitas vezes esquecida do mundo infantil. Mas Papim não consegue comunicar com crianças sem que elas se assustem. Persistente, pede ajuda a uma senhora que encontra no quarto do Afonso (por acaso, é sua mãe) e esta, surpreendida e empolgada, entra completamente no seu mundo e transmite a mensagem do Papim como ninguém. Papim, afinal, não deixa de ser um monstro imaginário criado pela mãe do Afonso através do seu brinquedo preferido, um móbil cheio de palavras ilustradas. Papim entretanto estava com fome e comeu um livro...

22 de agosto
| 10h00-12h00
Selfie e a cidade – fotografia e oficina de edição de imagem (trazer telemóvel ou máquina fotográfica) Objetivos: aproximar os jovens do património histórico da cidade, através da captura de imagem fotográfica junto dos locais selecionados; composição de imagem e publicação nas redes sociais. Para 5 a 10 participantes, dos 10 aos 15 anos de idade. Dinamizado por Thiago Cunha (BLCS). Duração: 90 minutos. Inscrição gratuita.

23 de agosto
| 10h30
Workshop de Culinária para pais e filhos. Uma manhã na cozinha para pais e filhos. Preparação de deliciosas marmitas saudáveis num ambiente de encontro familiar. Idades: 4 aos 9 anos. Para oito a 12 grupos (criança + adulto). Valor: 10 euros. Inscrições em bit.ly/2u3khJ8 ou pelo telemóvel 960466492 (Raquel Marinho).

24 de agosto
| 10h30
Oficina de escrita "Pescadores de palavras". Basta imaginar um peixe para o ver saltar na água. Objetivos: estimular a criatividade, a imaginação e a sensibilidade, usando técnicas de trabalho individual e de conjunto. Desenvolver habilidades de apropriação do sistema de escrita e utilizar a palavra em contextos diversificados. Produção de pequenos textos de diferentes géneros (poesia, prosa, entre outros). Duração: 60 minutos. Público-alvo: crianças dos 8 aos 12 anos. Responsável: Lídia Borges (escritora). Inscrição gratuita.

25 de agosto
| 10h30
Fantochar: férias inesquecíveis. Espaço onde as histórias se constroem, numa interação do animador com as crianças e os seus acompanhantes e… também com os fantoches. Público-alvo: 6 aos 12 anos. Número mínimo de 10 crianças. Duração: 60 minutos.

25 de agosto, 01 e 08 de setembro
| 10h30-12h30
Curso de Culinária Infantil (2ª edição). Projeto pedagógico para desenvolver em crianças e jovens o gosto pela cozinha, as técnicas e a capacidade de confeção de alimentos. Idades: 6 aos 12 anos. Para oito a 12 crianças. Custo: 25 euros. Inscrições pelo site bit.ly/2u3khJ8 ou pelo telemóvel 960466492 (Raquel Marinho).

28 de agosto
| 14h30
Paleontólogo por um dia. Sinopse: As crianças encarnam a profissão de paleontólogos. Produzem ou descobrem o seu fóssil com ferramentas adequadas e entendem a importância do estudo dos fósseis para a compreensão da história da Terra (que animais existiram, há quanto tempo e como eram os seus modos de vida). Público-alvo: crianças dos 6 aos 12 anos. Duração: 60 a 90 minutos. Para oito a 16 participantes. Dinamização: Oficina Arquimedes (Jenny Cunha e Rute Lemos). Inscrição gratuita.

29 de agosto
| 10h30
Histórias Contadas Aqui ou Ali. Leitura em voz alta de histórias para exploração do texto e da imagem. Desenvolvimento do nível de compreensão, apreensão de vocabulário e re­conto oral. Público-alvo: 2 aos 5 anos. Duração: 30 minutos. Dinamização: Aida Alves (BLCS). Inscrição gratuita.

29 de agosto
| 14h30
Oficina "A vida mágica da sementinha". As meninas sementinhas vão à escola - vem experimentar semear sementes com as histórias de Alves Redol. Dinamização: Cândida Pedras (BLCS). Público-alvo: 5 aos 12 anos. Para cinco a 20 crianças. Duração: 1h30. Inscrição gratuita.

31 de agosto
| 15h00
Jornalista por um dia. Objetivo: descobrir como se fazem as notícias na televisão, na rádio, nos jornais e na internet. Implementação de conhecimentos e habilidades na área da comunicação junto das crianças e jovens, aprendendo o funcionamento das práticas jornalísticas, dando ênfase às suas capacidades criativas, fazendo do conhecimento dos meios de comunicação um instrumento de compreensão das notícias e do mundo que nos rodeia. Duração: 1h30. Público-alvo: dos 12 aos 16 anos. Para oito a 12 participantes. Dinamização: Animantes (Raquel Marinho e Rita Campos). Inscrição gratuita.


CINEMA INFANTIL E JUVENIL
(para grupos)

Sessões para grupos com número superior a 10 pessoas, sujeitas a marcação prévia de espaço, sendo as inscrições pelo telefone 253205977 ou email marcacoes@blcs.pt.



VISITAS GUIADAS À BIBLIOTECA
(para grupos)

Segunda a sexta-feira
| 14h30-15h30
De Insula Romana a Biblioteca: Dois Milénios de História. O espaço ocupado pelo edifício da BLCS é um dos pontos mais estudados da cidade, podendo-se reconstituir a sua história desde a dundação de Bracara Augusta (primeira década a.C.) até hoje. Duração: 50 minutos. Visitas destinadas a grupos de 5 a 20 elementos, em todas as faixas etárias, mediante marcação prévia pelo telefone 253205977.

+Info: www.blcs.pt