Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Portal UMinho

Detalhe do evento




Portal UMinho > PT > Siga a UMinho > Detalhe do evento

 Detalhe do evento

Voltar

Investigadores da UMinho vencem Prémio de Inovação IN3+

Fotos
João Marco Silva a receber o prémio das mãos do Presidente da República (foto: INCM)
João Marco Silva a receber o prémio das mãos do Presidente da República (foto: Rodrigo Antunes/Lusa)
João Marco Silva ao centro, entre os premiados no IN3+ (foto: INCM)
João Marco Silva, Vítor Fonte e António Sousa são os autores do IDINA
IDINA
IDINA - logo
Banner
segunda-feira, 29/03/2021
Lisboa
João Marco Silva a receber o prémio das mãos do Presidente da República (foto: INCM)
João Marco Silva, Vítor Fonte e António Sousa, professores da Escola de Engenharia da Universidade do Minho e investigadores do HASLab/INESC TEC, venceram o Prémio de Inovação IN3+, por um projeto que poderá facilitar o acesso de cidadãos em todo o mundo a um documento de identificação. O galardão atribuído pela Imprensa Nacional Casa da Moeda, no valor de 600 mil euros, foi entregue a 29 de março em Lisboa, na presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e do primeiro-ministro, António Costa.

O projeto distinguido, “IDINA – Identidade Digital Inclusiva Não-Autoritativa”, pretende ser uma plataforma de identificação eficaz e inclusiva para os cidadãos de países sem sistemas centrais de registo civil. A intenção é mapear relações de confiança sociais, que permitam a representantes de escolas, instituições de saúde, autoridades locais ou ONG atestar o nascimento
e registo daqueles cidadãos. Este sistema de identificação não legal tem desafios como a corroboração das informações para evitar fraude, a garantia da proteção de dados e a interoperabilidade de sistemas de informação.


O valor do Prémio IN3+ será assim usado para melhorar esta tecnologia portuguesa e aplicá-la à escala real nos próximos quatro anos, perspetivando um futuro mais equitativo. Segundo a ONU e o Banco Mundial, uma em cada quatro crianças no mundo não tem certificado de nascimento e há mil milhões de pessoas sem documento legal de identificação, o que limita o seu acesso a serviços essenciais como saúde e educação. Isto afeta sobretudo países em desenvolvimento, mas também os refugiados na Europa, por exemplo.

- Fotos da cerimónia: facebook.com/INCM.SA/posts/4395570080470702
- Vídeo da cerimónia: facebook.com/INCM.SA/posts/4395333117161065
- Vídeo do IDINA (2m44s): drive.inesctec.pt/s/GBdtRzHsdFXc3tj

+Info: www.eng.uminho.pt, www.di.uminho.pt, haslab.uminho.pt, www.inesctec.pt/pt/noticias/projeto-inesc-tec-vence-premio-in3#about, premioin3mais.pt
  • Universidade do
    Minho
  • Largo do Paço
    4704-553 Braga
  • T.:253 601 100, 253 601 109
    E.: gcii@reitoria.uminho.pt
© Universidade do Minho - 2021